Confira 5 atitudes que um atleta não deve ter

confira 5 atitudes que um atleta nao deve ter
Rate this post

Em uma sociedade cada vez mais sedentária, onde a obesidade vem crescendo de forma epidêmica, praticar um esporte é uma forma de remar contra a maré do ócio. Embora a atividade física seja realmente uma forma de alterar a qualidade de vida, existem algumas atitudes que um atleta não deve ter, ou corre o risco de colher mais malefícios que benefícios.

Seja um esportista amador ou profissional, é imprescindível equilibrar o esforço e a perseverança com a parcimônia, a paciência e a vigilância dos hábitos, tanto na atividade física quanto no restante do dia. Muitos atletas estão seguros de que sabem se cuidar e caem em armadilhas que eles mesmos colocam em seus caminhos, acabando uma carreira de forma abrupta ou lesando a própria saúde — em alguns casos, de forma irreversível.

Conheça atitudes que devem ser evitadas para levar o esporte de forma realmente saudável:

1. Dieta desregrada

Quando começam a praticar esportes, algumas pessoas sentem que têm carta branca para comer tudo o que quiserem, independente de quantas calorias estejam em cada refeição. Essa espécie de barganha, no entanto, pode atrapalhar o rendimento de um atleta, reduzindo a capacidade de regeneração após o treino e diminuindo o crescimento muscular. Se somos o que comemos, só podemos ser fisicamente ativos se nos alimentarmos de acordo.

A qualidade dos alimentos também deve ser levada em conta. O excesso de sódio, conservantes e gordura trans encontrado em diversos alimentos industrializados tem efeitos negativos a longo prazo. Converse com um nutricionista para conhecer as proporções e opções mais adequadas à sua rotina e estrutura corporal.

Lembre-se que refeições balanceadas são imprescindíveis para manter o progresso do atleta e evitar baixa de imunidade, fadiga e picos de glicose.

2. Sobretreino

O ideal é sempre começar um esporte com acompanhamento de um profissional de educação física, que saberá os limites de cada corpo e respeitará o tempo necessário para resultados reais, além de propor atividades paliativas e protetivas, como aquecimento e alongamento dos grupos musculares e articulações trabalhadas.

A empolgação de um principiante é super bem-vinda, mas precisa do cuidado para não extrapolar. Respeite o planejamento estabelecido, sem ir além das suas capacidades. Sobretreino pode causar alteração na pressão arterial, fadiga extrema, insônia, irritabilidade e descontrole hormonal. O tratamento é simples: repouso e alimentação balanceada. Mas não há porque deixar chegar nesse extremo, não é mesmo?

3. Abuso de hormônios e substâncias recreativas

Ao optar por expandir os nossos limites corporais, precisamos ajudar o funcionamento, não atrapalhar. Sejam substâncias legais, como álcool ou cigarro, sejam drogas ilícitas de caráter recreativo, o abuso de substâncias certamente é uma das atitudes que um atleta não deve ter.

No mundo dos esportes, o abuso de hormônios é uma questão importante e requer seriedade. Na ansiedade da autossuperação, muitos se deixam levar pela promessa de resultados fáceis que os hormônios representam, sem se preocupar com os efeitos adversos e os riscos à saúde — sem falar na possibilidade de desclassificação em competições.

4. Culpar outras pessoas por maus resultados

O terreno, as condições climáticas, o equipamento, o treinador e o restante da equipe podem fazer a diferença para se alcançar um resultado positivo, mas o fator mais importante é um só: você.

Procure não reclamar dos outros quando as coisas não vão conforme o esperado. Se acontecer um desentendimento, troque de profissionais, mas sempre faça uma autocrítica antes de apontar dedos. Acima de tudo, trate erros como aprendizado e não como motivo de lamentação.

5. Não definir objetivos

Ninguém saberá se está no caminho certo se não souber para onde quer ir. Você não precisa ser um profissional para definir metas esportivas — muito pelo contrário! Faça projeções realistas e use-as como incentivo para os dias em que a preguiça disser para deixar o treino de lado. A cada conquista você sentirá sua energia renovada!

Essas são as atitudes que um atleta não deve ter. Tomando cuidado com elas, a prática de esportes pode trazer benefícios muito além do fortalecimento dos músculos — atividade física com equilíbrio é sinônimo de qualidade de vida.

Quer conhecer mais vantagens da prática esportiva? Descubra os efeitos da adrenalina no corpo humano e prepare-se para o próximo treino com ainda mais ânimo!

http://blog.tremeterra.com.br/2018/11/16/confira-5-atitudes-que-um-atleta-nao-deve-ter/
[wpdevart_facebook_comment curent_url="" order_type="social" title_text="Deixe seu comentário" width="100%" title_text_font_famely="Antonio" animation_effect="random" count_of_comments="3" title_text_font_size="22" ]