13 dicas para você aproveitar o passeio na cachoeira

3.9 (78%) 10 votes

Ninguém resiste ao encanto e beleza de uma cachoeira, não é verdade? O fato é que, como qualquer outro atrativo natural, ela deve ser encarada com o devido respeito e cuidado necessário para que a sua aventura seja feita com responsabilidade.

Antes de visitar uma cachoeira, é fundamental se precaver seguindo as instruções necessárias que garantem um passeio tranquilo e seguro.

Preparado para um passeio na cachoeira? Antes de ir, confira as 13 dicas que reunimos no post de hoje para ter um dia perfeito!

1. Procure informações sobre a região

A visita a uma cachoeira deve ser precedida por uma profunda pesquisa sobre a região. É ela que vai permitir que você avalie se o local é adequado para passeio e fique atento aos perigos encontrados lá e ao longo do caminho.

Uma dica importante para esse momento é conversar com outras pessoas que já estiveram na cachoeira, para saber que tipo de experiência elas tiveram no lugar e, assim, se preparar melhor.

2. Escolha uma data adequada para o passeio

Após procurar informações sobre a região da cachoeira, certifique-se de marcar seu passeio em uma data adequada. Épocas de chuva costumam deixar o ambiente mais perigoso, aumentando as chances de quedas e de outros acidentes.

Buscar a previsão meteorológica também é importante para evitar esses problemas que podem acabar de vez com sua diversão. Caso chova, o mais recomendado é simplesmente voltar para casa para evitar todos os riscos atrelados a atividade.

3. Leve equipamentos essenciais

Todo esporte de aventura exige que o praticante leve alguns equipamentos essenciais para sua segurança e até mesmo para sua proteção. Para quem vai visitar uma cachoeira, não é nada diferente.

Prepare sua mochila com roupas confortáveis e funcionais, barraca (se for passar mais de um dia), comida, itens de higiene pessoal, água entre outros materiais importantes e que fazem a diferença na sua estadia.

4. Deixe de levar tudo aquilo que não for necessário

Levar equipamento é sempre tentador, mas saber o que não levar é igualmente importante. Nessa hora é que vale seu planejamento e principalmente sua intenção com o passeio.

Acima mencionamos que levar uma barraca pode ser uma boa pedida, entretanto, só é interessante levar esse equipamento se sua vontade for realizar um camping — caso esse não seja seu objetivo, não há necessidade de carregar itens desse tipo.

O mesmo vale para o resto que citamos. Sua mochila deve estar com peso adequado para evitar desgaste físico, gerar mais conforto e principalmente suprir suas necessidades.

4. Observe o nível da água

Dependendo da época do ano, o volume de água dos rios e cachoeiras sofre variações. No verão, quando a temperatura fica mais quente durante o dia, costuma chover à tarde e à noite em determinadas regiões. Isso aumenta o nível da água e da correnteza, provocando maiores riscos de afogamento.

5. Verifique a profundidade antes de mergulhar

Por mais que você já conheça a região ou pegue dicas com outras pessoas que já tenham ido, verifique sempre a profundidade antes de mergulhar. Como a água está em constante movimento, ela pode deslocar pedras e troncos que podem não ser detectados com facilidade.

6. Redobre a atenção com as pedras

Em uma cachoeira, as pedras costumam ser uma atração à parte. Elas servem como trampolim, mirante e até ponto de referência. O fato de elas estarem visivelmente secas não significa que sejam seguras: algumas têm uma fina camada de limo que é altamente escorregadia. Por isso, tenha cuidado!

7. Utilize calçados seguros

Alguns calçados não são recomendados para um passeio na cachoeira. Os chinelos de dedo, por exemplo, não proporcionam a aderência necessária e podem levar você a um tombo. Eles também não são antiaderentes e agarram lama. Opte sempre por calçados com solado próprio para água.

8. Jamais atravesse uma corredeira

Não se deixe enganar pelo que está vendo. Algumas corredeiras parecem fraquinhas na altura da lâmina d’água, mas por baixo são extremamente fortes e incontroláveis.

Sendo assim, jamais atravesse uma corredeira. As pedras submersas são escorregadias e a força das águas vai prejudicar o seu equilíbrio, o que pode gerar um acidente.

9. Cheque a temperatura da água

O banho de cachoeira é revigorante, não é verdade? Antes de renovar as energias e dar aquele mergulho, cheque a temperatura da água.

Quando ela for gelada demais, opte por entrar aos poucos, pois a diferença de temperatura entre a água e o seu corpo pode provocar câimbras em seus músculos, além de outras sensações desconfortáveis típicas do choque térmico, como arritmia, vertigem e outros sintomas.

10. Cuidado com as cabeças d’água

No mínimo sinal de aumento do fluxo de água, saia imediatamente da cachoeira e vá para um local mais alto e seco.

O dia pode estar lindo, mas se choveu na parte de cima do rio que forma a cachoeira, é provável que uma cabeça d’água esteja a caminho. Sua força e velocidade são tão grandes que o risco de acidente é iminente.

11. Evite bebidas alcoólicas e entorpecentes

Acredite: você não precisa deles para tornar a sua aventura ainda mais emocionante! A cachoeira é um atrativo natural, sujeito a situações inesperadas e de alto risco.

Para enfrentá-los, você precisa estar no seu melhor juízo para que qualquer decisão seja tomada com consciência. Ao ingerir bebidas alcoólicas e entorpecentes seu reflexo diminui, assim como seu julgamento sobre alguns aspectos da realidade.

Elimine por completo as chances para este erro e tenha certeza de que seu passeio será repleto de excelentes histórias que serão contadas por muitos anos a fio.

12. Seque bem o seu corpo antes de voltar

Retornar com o corpo molhado pelas águas geladas de uma cachoeira pode fazer com que você pegue um resfriado. Para evitar isso, seque bem o seu corpo e, se precisar, leve e vista uma outra muda de roupa.

Fungos e outros problemas dermatológicos podem ocorrer nas pessoas que permanecem com a pele úmida por muito tempo. Portanto, saiba que todo cuidado é pouco e que a precaução é o melhor remédio para evitar problemas desagradáveis.

13. Não se esqueça de limpar todo o local antes de ir embora

Ao término do seu passeio, não se esqueça de limpar todo o local ao seu redor para que mais visitantes possam aproveitar a cachoeira. Ter consciência ambiental é fundamental para preservação do meio ambiente, além de ser um gesto gentil para os próximos que frequentarão o local.

Colete o lixo, tenha cuidado ao cozinhar e ao ir ao banheiro. Evite deixar seus equipamentos para trás e sempre faça uma rápida vistoria no local antes de sair. Essas pequenas medidas garantem que a cachoeira permanecerá limpa e livre de riscos.

A sustentabilidade deve sempre ser alvo das suas preocupações e do seu planejamento, não deixe esses detalhes para última hora e sempre esteja preparado não só para limpar sua própria sujeira como a dos outros, uma vez que a poluição está cada vez mais frequente nos pontos turísticos ao redor do país.

Gostou das nossas dicas para aproveitar o passeio na cachoeira? Então, não deixe de conferir nosso post sobre os esportes em caverna — uma modalidade relativamente desconhecida e que gera muita adrenalina nos praticantes!

http://blog.tremeterra.com.br/2017/06/30/10-dicas-para-voce-aproveitar-o-passeio-na-cachoeira/
[wpdevart_facebook_comment curent_url="" order_type="social" title_text="Deixe seu comentário" width="100%" title_text_font_famely="Antonio" animation_effect="random" count_of_comments="3" title_text_font_size="22" ]