Roupa segunda pele: o que eu preciso saber?

O Brasil é um país tropical e como tal, é quente na maior parte do ano. Porém, existem algumas regiões frias e, em determinadas épocas, elas podem apresentar temperaturas muito baixas para quem está acostumado apenas com o calor.

A roupa segunda pele é uma opção para pessoas que vão praticar algum esporte no frio, acampar ou apenas querem se sentir confortáveis em uma situação de baixa temperatura. Então, no post de hoje, reunimos algumas informações sobre este trunfo que é a segunda pele. Boa leitura!

Roupa segunda pele

Confeccionadas com alta tecnologia, essa vestimenta também é conhecida como Base Layer e é criada a partir de um tecido fino e leve que adere totalmente ao corpo — daí vem o nome segunda pele.

É difícil imaginar que um tecido fino possa manter algo aquecido, mas a tecnologia empregada no processo de fabricação da roupa é o que garante essa característica. A segunda pele adere ao seu corpo não permitindo que ele perca calor ao mesmo tempo em que elimina o suor, fazendo com que você fique quente e seco.

Com a vantagem da segunda pele mantendo-o aquecido, não é necessário que você vista muitas outras camadas de roupa, o que te deixa mais à vontade para a prática esportiva, ou até mesmo para curtir seu dia no frio.

Segunda pele x Malha térmica

Um outro item de inverno e que costuma ser confundido com a segunda pele é a malha térmica. As duas são parecidas, mas têm objetivos distintos. A segunda pele é fabricada para ser usada como a primeira camada de roupa em climas frios — com temperaturas por volta de 12º — e mantê-lo aquecido em práticas simples, evitando o uso de várias roupas.

Já a malha térmica — produzida com uma tecnologia diferente e que visa maximizar a produção de calor dentro do seu corpo isolando o frio externo — é mais indicada para o uso na prática de esportes na neve, por exemplo. São fabricadas pensando em um frio extremo.

As duas podem ser utilizadas em conjunto, sendo a segunda pele uma primeira camada de roupa e a malha térmica utilizada por cima, auxiliando em uma melhor movimentação durante a prática de esportes.

Modelo ideal

Como qualquer outro acessório, existem vários modelos e a sua escolha vai depender de seus objetivos. São vários tipos de tecido com algumas diferenças entre eles, porém a maioria cumpre a função de aquecê-lo.

Para realizar a escolha da sua segunda pele você deve estar atento a alguns fatores que estarão descritos na etiqueta da roupa: o nível de retenção de calor, o peso e volume do tecido e o tempo de secagem.

Quanto maior a capacidade de retenção de calor de uma segunda pele, maior será também os outros dois itens apresentados. Dessa maneira, é bom levar esse fator em conta na hora de adquirir a sua.

A roupa segunda pele é uma grande aliada para a prática ao ar livre em dias de frio, garantindo a mobilidade e uma melhor experiência. Gostou desse post? Então assine a nossa newsletter e receba muito mais conteúdo exclusivo para lhe auxiliar em suas aventuras.

Rate this post
http://blog.tremeterra.com.br/2017/11/27/roupa-segunda-pele-o-que-eu-preciso-saber/
Deixe seu comentário