Acampar no Jalapão: confira essas 5 dicas antes de ir!

Em meio às dunas de areia alaranjada, no coração do cerrado brasileiro, está um destino de ecoturismo que abriga atrações incríveis e tem se tornado o preferido de muitos viajantes. Quer ter um contato bem próximo com a natureza e relaxar, mas também viver grandes aventuras? Que tal acampar no Jalapão em suas próximas férias?

O Parque Nacional do Jalapão fica no Tocantins e conta com atrações e atividades para todos os tipos de turistas. Espere encontrar cachoeiras, fervedouros, rios de água cristalina, dunas e algumas comunidades indígenas e quilombolas.

Queremos te ajudar a fazer dessa viagem uma das melhores da sua vida e, por isso, separamos 5 dicas para que seus dias no Jalapão sejam especiais e livres de imprevistos. Acompanhe! 

1. Leve todos os itens necessários

Um cuidado muito importante ao acampar é saber o que se deve ou não levar. Quando falamos de uma região como o Jalapão, sua atenção quanto a esse aspecto deve ser reforçada.

Tenha em mente que você pode ter que carregar a sua mochila em alguns deslocamentos e trilhas. Nessa hora, um peso extra vai deixar a aventura mais difícil, ao passo que levar uma mochila vazia também não é boa ideia. 

Faça um checklist

O primeiro passo para não se esquecer de nenhum item importante é fazer um checklist antes da viagem, assim você avalia calmamente o que precisa (ou não) levar. No caso do Jalapão, lembre-se de levar protetor solar, repelente, tênis ou bota para trekking e chinelo.

Dê preferência para roupas leves e confortáveis, já que grande parte das atividades envolve caminhadas. Mas não deixe de levar peças de frio, pois, durante a noite, a temperatura pode cair. Leve também alguns medicamentos básicos, lanterna, roupa de banho, uma mochila menor para passeios diários e alimentos energéticos, como barras de cereal.

Não ocupe espaço com itens que certamente você nem terá tempo para usar, como notebook, por exemplo. Os dias no Jalapão são perfeitos para se desconectar e vestir o seu espírito aventureiro.

2. Saiba como circular pela região

O segundo passo para acampar no Jalapão é entender a região. Talvez você já tenha ouvido falar que a área é um deserto. Ou, então, já presenciou relatos que te fizeram pensar que o local tem fervedouros e cachoeiras para todos os lados.

Bom, o Jalapão não se encaixa em nenhum dos dois extremos. E a principal razão disso é que o Parque envolve uma área muito grande: cerca de 30 mil km². Então, espere encontrar relevos variados por lá.

O deslocamento por tantos cenários deslumbrantes é feito por estradas que, por vezes, não estão em condições tão boas quanto o esperado. Por isso, é essencial ter um veículo 4×4 para transitar pelo Parque.

Tenha em mente também que pode ser preciso percorrer muitos quilômetros de um ponto a outro. Por isso, recomenda-se um tempo de pelo menos 4 dias para visitar o Jalapão. Dessa forma, você evita fazer uma viagem muito cansativa pelo paraíso, não é mesmo?

3. Cheque o clima

Um fator que influencia bastante os acampamentos é o clima, inclusive determinando alguns itens que devem entrar na sua mochila. A região pode ser dividida em duas grandes estações — a de seca e a de chuvas.

Mas aqui vai uma boa notícia: mesmo na estação chuvosa, não há um grande volume de precipitação. Ou seja: o Jalapão é um destino que pode ser visitado o ano todo. 

De dezembro a março, chove um pouco e a vegetação ganha um tom verde mais vivo. Já de maio a setembro, o tempo fica mais firme e a temperatura sobe um pouco. Se você pretende ver os campos de capim dourado realmente dourados, escolha ir em setembro. 

4. Tenha um bom guia para acampar no Jalapão

Mesmo que você tenha espírito aventureiro e disposição de sobra, não é aconselhável visitar o Jalapão sozinho — principalmente se deseja acampar. A área do parque é muito grande e, em alguns trechos, não há nenhum sinal de telefone.

Além disso, é possível que você percorra muitos quilômetros sem avistar ninguém, pois estamos falando de uma das regiões com menor ocupação humana do Brasil. Tendo isso em mente, uma boa alternativa é contratar uma agência que se responsabilize pelos deslocamentos, pelo roteiro e pela disponibilização de um guia.

Muitas agências de turismo que operam na região montam estruturas de acampamento próximas a atrações já conhecidas, como o Rio Novo. Isso permite ao visitante ter um contato bem próximo com a natureza, com segurança e uma boa infraestrutura. 

Outra opção é ir com carro próprio (ou alugar um veículo por lá) e contratar um guia para acompanhar o seu grupo. Esse profissional é essencial para evitar que as pessoas se percam pelas estradas e para que saibam onde acampar. Ele também fornece informações muito interessantes sobre a fauna e a flora do local.

5. Descubra os principais atrativos locais

Agora só falta conhecer um pouco mais as principais atrações que você vai encontrar no Jalapão. Um dos primeiros cartões postais vistos pelos visitantes costuma ser o Cânion Sussuapara, que fica em Ponte Alta do Tocantins. Prepare-se para se surpreender (e muito!) com a vista incrível do lugar.

Outro ponto bastante explorado por muitos turistas é a Serra do Espírito Santo. É lá que você vai encontrar as dunas de areia alaranjada e amarela que já são símbolos do Jalapão. A serra fica na região do vilarejo de Mateiros, e é nesse local que estão também a Cachoeira da Velha e os fervedouros — olhos d’agua com finos grãos de areia suspensos que impedem que você afunde.

Além dos atrativos naturais, visitando o vilarejo de Mumbuca você terá contato com a cultura quilombola da região e poderá ver de perto o artesanato produzido com capim dourado.

Com as dicas acima, você está preparado para ter uma viagem sem problemas, com muita aventura e segurança. Agora é arrumar a mochila, separar os dias no calendário e começar a se planejar para desbravar esse canto tão especial do Brasil.

E então? Animado para acampar no Jalapão e se encantar com cenários únicos? Deixe seu comentário contando qual parte da região você tem mais vontade de conhecer!

5 (100%) 1 vote
http://blog.tremeterra.com.br/2017/10/16/acampar-no-jalapao-confira-essas-5-dicas-antes-de-ir/
Deixe seu comentário