Tudo que você precisa saber para acampar na Chapada Diamantina

4.6 (92%) 5 votes

Se você gosta de aventura, provavelmente já ouviu falar da Chapada Diamantina, região de beleza natural única e muito bem preservada. Isso já é motivo de sobra para te fazer viajar para lá, não é mesmo?

Para ajudar nesse processo, separamos dicas importantes sobre como acampar na Chapada Diamantina. Fazer atividades ao ar livre ou de aventura são ótimas opções para estar em contato com a natureza. E, com as informações certas, você vai curtir muito sem ter nenhum problema.

Entenda mais sobre as áreas de camping e como chegar à Chapada, o que não pode faltar na sua mochila e os lugares mais incríveis que devem estar no roteiro:

Como chegar à Chapada

A área do Parque da Chapada Diamantina cobre cerca de 6 municípios. Por isso, se você pretende acampar por lá, é importante saber como chegar às entradas da Chapada. Duas cidades são usadas como base para descobrir as belas paisagens da região: Lençóis e Palmeiras.

Como se trata de locais pequenos, o acesso é, geralmente, feito via Salvador. Assim, você pode voar da sua cidade até a capital baiana e, de lá, seguir viagem de ônibus ou mesmo de avião até Lençóis. No caso de Palmeiras, não há avião. Falaremos mais sobre os atrativos dessas duas cidades nos próximos tópicos.

Áreas de camping

Na Chapada Diamantina, existem dois tipos de áreas para acampar. Em cidades como Lençóis e Palmeiras, há campings bem estruturados, que podem proporcionar um pouco mais de conforto.

Já na região do parque, que fica mais afastada desses municípios, a opção é acampar por conta própria. Lembre-se de escolher locais planos e que tenham acesso a uma fonte de água.

Nos pontos mais procurados da Chapada, como o Vale do Capão — que fica em Palmeiras —, os campings possuem uma boa estrutura para receber visitantes. Além disso, muitos contam com quartos compartilhados e privativos, como uma pousada, agradando aos que querem contato com a natureza e, ainda assim, bastante conforto.

Use as cidades-base para se reabastecer e comprar água ou alimentos necessários para fazer passeios diários ou trekkings mais longos. Ao fazer percursos que envolvam longas trilhas e travessias, esteja sempre acompanhado de um bom guia. Ele deve conhecer a região, ter conhecimentos de primeiros socorros e poder indicar os melhores lugares para que você monte sua barraca em meio à natureza e viva dias inesquecíveis.

O que levar para acampar na Chapada Diamantina

Alguns itens são indispensáveis na bagagem de qualquer campista, mas isso pode variar dependendo do seu destino. No caso da Chapada, a hora de arrumar a mochila é crucial para ter uma viagem tranquila e sem perrengues.

Embora alguns campings aluguem as barracas, levar a sua própria é uma boa alternativa. Escolha uma opção com tecido impermeável, bom isolamento térmico e leve: dessa forma, você consegue carregá-la sem problemas. 

E para os pés? Tênis ou bota para trekking? A bota de cano alto é aconselhada para evitar picadas de insetos e cobras. Lembre-se de que, ao caminhar por pedras ou superfícies um pouco escorregadias, é essencial que o seu calçado ofereça segurança.

Leve roupas leves, mas não se esqueça de uma calça para caminhadas e peças de frio. Vale ressaltar que a temperatura na Chapada pode cair durante a noite e no começo da manhã.

Coloque na mochila um boné para os dias de muito sol, protetor solar, repelente para afastar os insetos, saco de dormir, toalha, lanterna e uma capa de chuva leve. Como será preciso carregar sua bagagem durante alguns deslocamentos, é importante priorizar objetos leves e pequenos. Lembre-se de que você vai ter que aguentar o peso da sua mochila.

Além de uma mochila grande, tenha uma menor (mas confortável) para passeios de um dia. Esta última será útil para levar câmera, dinheiro, roupa de banho, água ou até algo para comer. E tenha sempre à disposição alimentos com alto valor energético, como barras de cereais e rapadura: eles não ocupam muito espaço e vão te dar bastante disposição para descobrir os cenários únicos da Chapada.

Lugares que não podem faltar no roteiro

Montanhas que se estendem no horizonte, cachoeiras, grutas e cavernas são apenas parte do que a Chapada tem a oferecer. Cada ponto do parque possui uma atração especial. Destacarmos, a seguir, alguns que não podem faltar no seu roteiro:

Lençóis

Combinando perfeitamente pontos históricos com muita beleza natural, a cidade de Lençóis serve de base para explorar várias atrações da Chapada. O centro histórico é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), casarões antigos se misturam com o verde dos morros ao redor e rios cortam a cidade, como uma moldura.

Fazendo passeios de um dia, é possível explorar algumas cachoeiras, como a cachoeirinha e a da primavera. Próximo à cidade também há um importante sítio arqueológico, com pinturas rupestres de milhares de anos.

Outras atrações estão um pouco mais distantes, como é o caso da Cachoeira do Mixila. Por isso, recomenda-se acampar no local e, em seguida, fazer trekkings de 3 e até 5 dias para chegar a outras cachoeiras.

Palmeiras

A cidade de Palmeiras é uma das alternativas mais escolhidas por quem quer acampar na Chapada Diamantina. A partir de lá, você pode visitar a região do Vale do Capão — uma área de beleza singular, com montanhas a perder de vista, que fica no subdistrito de Caeté-Açu.

Não deixe de subir o morro do Pai Inácio e ter uma deslumbrante vista panorâmica lá de cima. Além dos morros, o distrito ainda abriga muitas cachoeiras, como a famosa Cachoeira da Fumaça, uma imponente queda d’água de 400 metros (a segunda maior do Brasil).

Como a queda é muita alta, a água se dispersa até chegar ao fundo do poço, dando um efeito de fumaça. É por isso que a cachoeira recebe esse nome.

Acampar na Chapada Diamantina será, com certeza, memorável. Poucos lugares permitem tanto contato com a natureza extremamente preservada, além de uma proximidade com fortes traços culturais e históricos.

Agora que você já leu nossas dicas, só falta arrumar a mochila e partir em direção à aventura. E, para ficar por dentro das novidades desse universo, não deixe de curtir nossa página no Facebook!

http://blog.tremeterra.com.br/2017/09/25/tudo-que-voce-precisa-saber-para-acampar-na-chapada-diamantina/
[wpdevart_facebook_comment curent_url="" order_type="social" title_text="Deixe seu comentário" width="100%" title_text_font_famely="Antonio" animation_effect="random" count_of_comments="3" title_text_font_size="22" ]