Treme Terra faz expedição para o Kilimanjaro

Kilimanjaro2 monte_Kilimanjaro_kenia_Tanzania monte-Kilimanjaro-cumeA Treme Terra desde o ano passado colocou aventura em seu DNA. De lá para cá, paralelamente ao processo de crescimento da marca e de suas lojas, vem investindo em parcerias estratégicas para que todo este conceito de AVENTURA possa fazer sentido.

O TREKKING é um dos esportes considerado uma forma de aventura por ser realizado em grande parte em trilhas e montanhas e a TARGET vem se tornando referência na preparação de pessoas comuns, na orientação e educação, iniciando por trilhas de um dia, podendo chegar às grandes expedições em alta montanha.

Tal parceria já é tão significativa que a Treme Terra vai acompanhar a TARGET e um grupo de aventureiros aqui do Vale do Itajaí, rumo ao KILIMANJARO, maior montanha da ÁFRICA com 5.895m de altitude.

Esta será uma experiência exclusiva e praticamente inédita em relação às expedições brasileiras, pois um dos principais objetivos no roteiro programado, é alcançar o Crater Camp, um acampamento praticamente ao lado da cratera do vulcão (já extinto). Neste local, o grupo enfrentará temperaturas extremas e o desafio será realizado em aproximadamente oito dias. Após a aventura, o grupo comemorará o feito participando de um Safari, antes de retornar ao Brasil.

A montanha – um vulcão

O monte Kilimanjaro, que significa montanha branca, está localizado no norte da Tanzânia, junto à fronteira com o Quênia, e é o ponto mais alto de África, com uma altitude de 5.891,8 m.

Este antigo vulcão, com o topo coberto de neve, ergue-se no meio de uma planície de savana, oferecendo um espetáculo único.

O monte e as florestas circundantes, com uma área de 75.353 ha, possuem uma fauna rica, incluindo muitas espécies ameaçadas de extinção e constituem um parque nacional que foi inscrito pela UNESCO, como Patrimônio da Humanidade.

O complexo do monte Kilimanjaro com as suas florestas, tinha sido considerado uma reserva de caça pelo governo colonial alemão nos princípios do século XX, mas foi considerado uma reserva florestal em 1921, até que, em 1973, foi declarado como Parque Nacional.

 

Os três cones vulcânicos

Por se encontrar na margem oriental do sul da África, o monte Kijimanjaro, que mostra ter tido grande atividade vulcânica está acompanhado por três outros cones vulcânicos.

O mais antigo, Shira, a oeste, com uma altitude de 4.500 m, Mawenzi a leste, com uma altitude de 5.149 m e, entre eles, Kibo, que é o mais recente e mostra ainda sinais de atividade, na forma de fumarolas.

 

O degelo das geleiras (glaciares) no topo do Kilimanjaro é uma realidade. Estimadas em cerca 12 km² de extensão em 1900, recobrem hoje somente 2 km².

A ascensão é tecnicamente fácil, mas longa e penosa pelo frio e pela altitude. A via mais frequentada é a via Marangu. As outras vias praticadas são as vias Machame, Mweka e Shira.

Aproximadamente 20.000 pessoas tentam todos os anos alcançar o topo. Este número é controlado pelas autoridades da Tanzânia.

Rate this post
http://blog.tremeterra.com.br/2017/07/26/treme-terra-vai-para-africa/
Deixe seu comentário